Cidade saúde

Secretaria de Saúde recebe doação de álcool gel

A Casa Civil doou à Secretaria de Saúde 85 galões de álcool gel, cada um com cinco litros | Foto: Breno Esaki / SES

Ao todo, foram doados 425 litros do insumo. Produto será fracionado e distribuído em toda rede

AGÊNCIA BRASÍLIA *

Em plena crise de abastecimento de álcool gel, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) recebeu uma doação de 425 litros do produto no último sábado (21). Foram 85 galões, cada um com cinco litros, doados pela Casa Civil.

“Temos estoque de álcool gel”, tranquiliza a subsecretária de Logística da Secretaria de Saúde, Mariana Rodrigues. “Essa é uma doação extra que chegou em um momento bastante oportuno, pois a demanda por este insumo está muito grande. A preocupação da Secretaria de Saúde é se antecipar para que não falte álcool em nenhuma unidade da rede.”

A operação agora consiste em fracionar o produto em frascos pequenos para garantir a estabilidade e não contaminação do conteúdo. Para isso, os galões já foram encaminhados ao laboratório da farmacotécnica (manipulação) do Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Lá, com orientação da farmacêutica responsável, a equipe técnica manipula e envasa o álcool, em condições seguras, e depois torna disponíveis as unidades fracionadas menores para as todas as unidades da rede.

Distribuição

Na segunda-feira (23), a SES recebeu a doação de aproximadamente 900 frascos de 150 ml cada. Com isso, a Farmacotécnica do HRT já começou a fracionar o álcool, que será distribuído nesta terça (25) para as unidades de Atenção Primária.

“Vamos distribuir esses 900 frascos para as unidades de Atenção Primária porque nesses dias de campanha de vacinação a demanda por álcool gel sobe muito” esclarece a subsecretária de Logística.

O restante da doação de álcool gel será para abastecer a Atenção Secundária, como as unidades de terapia intensiva (UTIs), prontos socorros, enfermarias dos hospitais e clínicas.  Todos os esforços estão sendo realizados para adquirir os insumos necessários pelos processos de compras emergenciais. Porém, existe um lapso de tempo entre as compras dos frascos vazios ou álcool gel pronto para uso e a entrega dos produtos.

As doações

A SES agora precisa reunir o máximo de frascos para melhor distribuir o produto

A meta é conseguir mais frascos para colocar o álcool gel doado. Para isso, a SES já elaborou e divulgou uma nota técnica solicitando que os profissionais não joguem as embalagens antigas no lixo e que as entreguem ou à Farmacotécnica do HRT ou à na sala da Subsecretaria de Logística (Sulog), na sede da secretaria.

A pasta também está recebendo doações das embalagens usadas em domicílio familiar onde não haja casos diagnosticados de coronavírus. São aceitas embalagens de álcool gel que estejam vazias, higienizadas com água e sabão e em bom estado de conservação.

Com informações da SES