Racismo

Marcia Tiburi defende boicote ao Carrefour: é preciso eliminar empresas racistas

(Foto: Guilherme Santos/Sul21 | Ueslei Marcelino/Reuters | Reprodução)

Em entrevista à TV 247, a professora e filósofa Marcia Tiburi explica por que é necessário mandar um recado para as empresas que praticam ou acobertam o racismo; gigante global, o Carrefour tem como acionista o empresário Abílio Diniz

 

Na entrevista, ela também afirmou que o racismo envergonhado do Brasil, que vem desde a escravidão, se tornou racismo ostentatório sob Jair Bolsonaro. Ela também criticou o vice Hamilton Mourão, que negou a prática de racismo no assassinato de João Silveira, um homem negro de 40 anos, por dois seguranças do Carrefour. “O vice-presidente deveria se calar para não falar besteira”, diz ela.