Justiça Politica

Deltan Dallagnol pode enfrentar processo disciplinar por 23 denúncias

Procurador Deltan Dallagnol (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol, é alvo de 23 denúncias e pode enfrentar processo disciplinar no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Pùblico (CNMP). Dallagnol cometeu várias irregularidades no exercício do cargo

O procurador-geral da República, Augusto Aras,  deve levar à votação do plenário do Conselho Nacional do Ministério Público Federal nesta terça-feira (10) duas acusações contra Dallagnol.

Segundo informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo, pelo menos uma das denúncias contra Deltan Dallagnol pode vingar e ele enfrentará mais um processo disciplinar no CNMP.

A primeira denúncia, apresentada pela senadora Katia Abreu (PDT-TO), deve ser arquivada —a maioria dos conselheiros já votou a favor de Dallagnol. Já a representação do senador Renan Calheiros (MDB-AL) tem votos suficientes para seguir adiante.

Dallagnol já sofreu uma advertência no CNMP. Outras punições mais graves podem ocorrer. Três das ações contra ele correm sob sigilo, informa a coluna.