Internacional

Médico defensor da cloroquina é acusado de “charlatanismo” pela Ordem dos Médicos da França

Reprodução

Além dele, outros cinco profissionais também foram denunciados

Por Luisa Fragão

O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos da França apresentou uma queixa no início de dezembro contra seis médicos acusados de fazer “charlatanismo” durante a pandemia de Covid-19. A informação foi confirmada pelo próprio conselho à agência de notícias AFP.

Um dos acusados é o infectologista Didier Raoult, que defendia o uso da cloroquina contra a Covid-19.

Os profissionais são acusados de promover “violações da ética médica conforme definido pelo código de saúde pública”, como defender o uso de um “remédio ou de um processo ilusório ou insuficientemente testado”.

O conselho nacional examinou no início de dezembro uma série de denúncias contra os médicos em busca de declarações sobre a pandemia. Além de Didier Raoult, o especialista em doenças infecciosas Christian Perronne também foi denunciado.

About the author

Joao Victor Martins

Add Comment

Click here to post a comment

Publicidade