Geral

Envelopes de licitação para PPP do Autódromo serão abertos nesta quinta-feira

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) abre nesta quinta-feira (17) os envelopes da licitação que estabelece uma Parceria Público Privada (PPP) para reforma, gestão, manutenção, operação/exploração e modernização do Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet.

A vencedora ficará responsável pelas obras de reforma da pista e das arquibancadas e a criação de um centro de excelência – o que vai permitir novas instalações multiuso e modulares voltadas para o desenvolvimento do esporte a motor, abrigando oficinas para o trabalho de alta performance, clubes e associações de automobilismo, por exemplo.

Com essas atualizações propostas, o autódromo poderá ser homologado como FIA 3, capaz de receber eventos nacionais, regionais, corporativos, de arrancadas, drifting, culturais e artísticos. “Vamos dar vida ao espaço que estava morto, abandonado. Brasília vai voltar ao cenário esportivo nacional”, afirmou o governador Ibaneis Rocha.

“Vamos dar vida ao espaço que estava morto, abandonado. Brasília vai voltar ao cenário esportivo nacional”Ibaneis Rocha, governador de Brasília

Investimentos

O investimento total previsto é de R$ 73,17 milhões. Desse valor, R$ 38,88 milhões correspondem às reformas do autódromo (pista e arquibancada). O restante, R$ 34,3 milhões, é para a construção do Centro de Excelência.

Dos R$ 38,8 milhões, R$ 24,8 milhões são de investimento privado. E o aporte público será de até R$ 14 milhões. A concessão tem duração de 35 anos. A Terracap terá 1,5% da receita líquida dos tributos gerados pela operação.

Segundo Margareth Coutinho Ruas, da Gerência de Formatação de Negócios da Terracap, a parceria é de grande importância porque com ela Brasília irá entrar no circuito internacional de grandes eventos. A estimativa de público, de acordo com Margareth, é de 10 milhões de pessoas durante o tempo de concessão, e o incremento da arrecadação tributária é de R$ 700 milhões durante os 35 anos. “Além disso, previmos uma geração de 4 mil empregos diretos”.

A licitação foi precedida por um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – processo administrativo por meio do qual a Administração Pública concede a oportunidade para que particulares elaborem projetos com vistas à estruturação da delegação de utilidades públicas.

Nesse caso, o responsável foi o engenheiro Richard Dubois. Para ele, esse novo autódromo vai colocar Brasília no mapa do automobilismo, podendo sediar eventos nacionais e internacionais. “Podemos até sonhar com uma Fórmula 1 ou Indy”, frisa.

A abertura dos envelopes tem início a partir das 9h, no Setor de Administração Municipal, Bloco F, no auditório do edifício-sede da Terracap.

O critério de julgamento do certame será o de menor valor da contraprestação a ser paga pela Terracap – ou seja, vencerá a concessionária que pedir menor valor de contraprestação (aporte público).

Fonte: Agência Brasília

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário