GDF Moradia

Moradia para mais de 200 pessoas em Samambaia

GDF já entregou mais de 500 unidades habitacionais pelo DF até outubro | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

GDF entrega 56 apartamentos. Investimento de R$ 7,67 milhões em residencial gerou dezenas empregos

IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: FÁBIO GÓIS

O Governo do Distrito Federal (GDF) deu mais um passo para reduzir o déficit habitacional e ampliar a oferta de moradia digna. Nesta quinta-feira (15) foram entregues 56 apartamentos em Samambaia, uma das cidades que mais têm recebido habitações no âmbito dos programas da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF).

Assista ao vídeo:

Com mais uma entrega da Codhab, cerca de 230 pessoas vão concretizar o sonho da casa própria. São famílias que vão morar nos apartamentos do residencial Santa Edwiges II, erguido na QR 309, em Samambaia Sul.

Essas pessoas foram contempladas pelo programa Morar Bem, vinculado ao Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, e possuem renda mensal entre R$ 2,6 mil e R$ 4 mil – categorias situadas na Faixa 2 do programa. Eles vão ocupar apartamentos com 57 metros quadrados e que dispõem de dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. A unidades são erguidas em uma área muito bem localizada na cidade.

“Quase desisti de concretizar este sonho e, de repente, ele acontece. É surreal a emoção e até me pergunto se é verdade”Anderson Farias, policial militar

Entre os contemplados está a família Farias. O casal Anderson e Adriana Farias não escondeu a felicidade ao receber a chave do apartamento das mãos dos gestores do GDF. “Nem dormi esta noite, com um frio na barriga. Está tudo lindo aqui. É o prédio dos sonhos”, admitiu a enfermeira Adriana Pires Farias, de 53 anos. Para o esposo Anderson Luciano Farias, policial militar de 44 anos, a espera de 24 anos pelo imóvel valeu a pena.

“Quase desisti de concretizar este sonho e, de repente, ele acontece. É surreal a emoção e até me pergunto se é verdade. Só sei que dá vontade de pular logo para dentro do apartamento”, vibrou Anderson.

“Hoje é um dia feliz, de realização de sonho para muitas famílias. Elas estão recebendo apartamentos de qualidade”Paco Britto, vice-governador do DF

Sentimento que também foi vivido pelo auxiliar de laboratório Lindomar Roseno, de 35 anos, também contemplado com uma unidade habitacional. “É uma emoção muito grande ter algo próprio, que posso chamar de meu. A região aqui é muito boa, tem UPA [Unidade de Pronto Atendimento], escola e toda a infraestrutura necessária para morar”, elogiou.

Moradia digna

Vendo a alegria das pessoas que esperaram anos e anos para ter a casa própria, o vice-governador do DF, Paco Britto, se emocionou. “Hoje é um dia feliz, de realização de sonho para muitas famílias. Elas estão recebendo apartamentos de qualidade. É o governo oferecendo dignidade a todas estas famílias”, destacou, durante a cerimônia em Samambaia.

Para o presidente da Codhab-DF, Wellington Luiz, o tipo de apartamento entregue é uma “modalidade diferente, mais moderna, uma moradia digna e não um depósito de pessoas”.

Aos 10 anos, Driele Farias entra em uma nova – e melhor – fase da vida acompanhada por seus pais, Adriana e Anderson | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

Dia de festa também para o administrador da cidade, Gustavo Aires. Ele lembrou o quanto a Codhab e as empresas parceiras têm trabalhado por Samambaia. “Só temos o que comemorar. Em agosto foram entregues 92 imóveis. E, agora, mais 56. Nossa cidade mantém a vocação de cidade acolhedora, pronta para receber novos moradores”, destacou.

Presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), o deputado distrital Rafael Prudente disse que a entrega dos apartamentos representa “aquilo que é o mais importante para as pessoas, que é a casa, o ambiente familiar, um lugar bom para as pessoas cuidarem da família”. Ele também prometeu empenho da CLDF para conseguir mais emendas parlamentares para novos empreendimentos.

Já o secretário de Governo, José Humberto Pires, lembrou a importância do lar para qualquer família. “Não há nada mais importante do que o lugar a que você chega do seu trabalho e diz: ‘Isso é meu’. Eu vou dormir e descansar o meu corpo num ambiente que é meu. Ninguém vai dizer aqui ‘sai’. Não, a casa é sua. Isso é o mais importante para cada família”, enfatizou.

Adriana Farias: “Está tudo lindo aqui. É o prédio dos sonhos” | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

Também presente à cerimônia, a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão, prometeu reformar a quadra poliesportiva da QR 309 e aproveitou a ocasião para elogiar o trabalho da Codhab-DF. “Estou vendo a companhia transformar a vida das pessoas com estas entregas e não tem nada melhor do que isso, do que transformar a vida das pessoas”, pontuou.

Investimentos em Samambaia

O residencial inaugurado nesta quinta (15) foi erguido pela Construtora Ipê, que ganhou a licitação promovida pela Codhab-DF e tem a participação de cooperativas habitacionais. Um investimento total de R$ 7,67 milhões, em que o custo de cada unidade para o GDF é R$ 137 mil. Sessenta novos empregos foram gerados na empreitada

Segundo a Codhab-DF, há uma quantidade grande de áreas de interesse social na cidade, além de vários terrenos da companhia disponíveis que faziam parte da antiga Sociedade de Habitação de Interesse Social (SHIS). Além dos moradores locais, os novos imóveis têm atraído a atenção também de famílias de fora que veem ali uma grande oportunidade de moradia.

Somados aos empreendimentos de grande porte como o Parque dos Ipês, em São Sebastião, e os do Sol Nascente/Pôr do Sol, o GDF já entregou mais de 500 unidades habitacionais até o mês de outubro.

O residencial AHSERC, localizado na QS 608 em Samambaia, foi o primeiro a ficar pronto, com seus mais de 90 apartamentos. Além dele e do Santa Edwiges II, o projeto Módulo Embrião prevê a entrega de mais 60 unidades habitacionais para famílias de baixa renda, em diversos pontos de Samambaia. É o problema de moradia finalmente pensado e executado pelo governo local.

Um ótimo reforço para Samambaia, que não para de crescer e tem atraído investidores dos setores imobiliário e comercial ao longo dos últimos cinco anos. “Temos atendido o pedido do governador Ibaneis de priorizar a questão habitacional e de infraestrutura na cidade de Samambaia. Nosso objetivo é diminuir o déficit habitacional na capital e ajudar as famílias que mais precisam”, reforça Wellington Luiz.

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário