Economia

Paulo Guedes admite fiasco total: crescimento inferior a 1% em 2020

o país deve terminar o ano em recessão, a prosseguir a política econômica suicida do fundamentalista Guedes

Em entrevista à revista Veja, Paulo Guedes praticamente jogou a toalha. Apenas um dia depois de ter afirmado que o crescimento do PIB em 2020 seria de 1%, ele agora afirma que nem isso. Gudes ainda usa a chantagem e a falacia das “reformas” para anunciar a catástrofe de sua gestão, mas o fato é que já fala que “será ainda mais difícil” crescer 1% no ano.

“O que aconteceu com o Brasil no ano passado quando não tinha reforma nenhuma? Cresceu 1%. E o que aconteceu no ano anterior? Cresceu 1%. E no anterior? Cresceu 1%. Neste ano, com o coronavírus, vai ser ainda mais difícil crescer 1% se não fizermos as reformas” – afirmou.

No entanto, não explicou -nem foi perguntado- porque é que a economia continua estagnada desde o golpe, crescendo 1% ao ano depois de todas as “reformas” que foram apresentadas por Temer e Bolsonaro ao Congresso terem sido aprovadas.

Mesmo com as tais reformas, Guedes promete apenas 2% para 2020. Na verdade, o país deve terminar o ano em recessão, a prosseguir a política econômica suicida do fundamentalista Guedes.

About the author

Ataide Santos

Add Comment

Click here to post a comment