Cidade

55 mil residências do DF ficam sem luz na noite desta sexta-feira

CEB já normalizou a distribuição de energia e afirma que ainda investiga o que motivou a abertura de uma linha de distribuição, causa da interrupção de fornecimento de energia

Correio Braziliense

A Companhia Energética de Brasília (CEB) afirmou que ao menos 55 mil residências ficaram sem luz na noite desta sexta-feira (4/12). Segundo a companhia, o fornecimento de energia já foi normalizado. Por volta das 19h30, informa nota, foi registrada falta de energia no Guará, em Vicente Pires, em Águas Claras e outras áreas.

A CEB informou que o apagão foi causado pela abertura da Linha de Distribuição de Alta Tensão Guará x Brasília Geral. No entanto, a empresa afirmou que a razão da abertura não havia sido identificada até a última atualização desta matéria.

A companhia mobilizou uma equipe e o fornecimento foi normalizado por volta das 20h15. A companhia pede que, se algum consumidor ainda não teve a energia normalizada, que entre em contato para informar.

Leia a nota da CEB

“Por motivo ainda não identificado, às 19h31 foi aberta a Linha de Distribuição de Alta Tensão Guará x Brasília Geral – LDAT GR x BG, que alimenta a Subestação Guará, ocasionando falta de energia às 55.794 unidades consumidoras atendidas pela Subestação. Uma equipe de Manutenção da CEB se deslocou para a Subestação, realizou manobras em equipamento da rede e, às 20h12, normalizou o fornecimento de energia a todas as unidades consumidoras afetadas.

Caso algum cliente ainda esteja sem energia, recomendamos que seja realizado novo chamado de falta de energia junto à CEB. Para maior agilidade no atendimento, sugerimos que registrem seus chamados por meio do nosso aplicativo para smartphones CEB Distribuição, disponível gratuitamente nas lojas virtuais.

Áreas afetadas: Guará I, Guará II, QELC (Lúcio Costa), SQB (Super Quadras Brasília), Joquey Clube, Cidade Estrutural, Núcleo Rural Cana do Reino, Colônias Agrícolas Vicente Pires, Cabeceira do Vale, Águas Claras, 26 de Setembro, Governador, Bernardo Sayão e IAPI.”

About the author

Joao Victor Martins

Add Comment

Click here to post a comment

Publicidade