Cidadania

Um incentivo ao empreendedorismo

Os microempreendedores de Sobradinho II e de Vicente Pires ganharam um reforço importante na última semana: a Sala do Empreendedor, que nas duas localidades foi inaugurada, respectivamente, na quarta-feira (13) e na sexta (15). A de Sobradinho II fica na Feira Permanente da cidade; a de Vicente Pires, na sede da Administração Regional.

A Sala do Empreendedor faz parte de uma série de ações empreendidas, este ano, pelo Governo do Distrito Federal este ano. Tem respaldo na Lei Complementar Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei nº 123/2006), sendo uma das frentes do GDF para ressaltar a importância da força-tarefa para girar a economia e ofertar empregos. Voltado aos microempreendedores que buscam auxílio na legalização do negócio e outros tipos de serviços, o espaço é resultado da parceria das administrações regionais com Sebrae, BRB e líderes comunitários.

“Nosso objetivo com a Sala do Empreendedor é facilitar a abertura de novas empresas e oferecer serviços ao microempreendedor individual”, explicou o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez. “Além disso, será o local para os feirantes, comerciantes e demais empreendedores buscarem soluções de crédito e cursos de capacitação em diversas áreas”.

Força-tarefa

Em fevereiro deste ano, as secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação, de Desenvolvimento Econômico e Adjunta das Cidades assinaram um documento para agilizar a emissão de licenças para atividades econômicas do DF. Assim, pessoas que há anos tentavam abrir os seus negócios puderam ser liberadas para exercer as atividades.

Em Vicente Pires, o empresário Olimpo Queiroga comemorava a novidade. Agora, finalmente, ele pode formalizar seu estabelecimento, por meio de um processo agilizado em uma força-tarefa que resultou na licença autorizada para seu empreendimento. “Eu tenho que tirar o chapéu, pois o governo Ibaneis começou com um pé na frente, porque estou há cinco anos na luta”, contou.

“Nossa vida é sempre muito corrida, e a feira tem uma localização estratégica para nós”, destacou a presidente da Feira Permanente de Sobradinho II, Marilene Lira. “Esse espaço, além da oportunidade de formalização, traz também a chance de capacitação e soluções de crédito”.

Tanto em Sobradinho II quanto em Vicente Pires, quem buscar a Sala do Empreendedor poderá encontrar, entre outros serviços, formalização e baixa gratuita e simplificada, obtenção de CNPJ, emissão de Certificado de Condição do MEI (Microempreendedor Individual), emissão e impressão de boleto do INSS (DAS), impressão do relatório de receita bruta, declaração anual do Simei (sistema de recolhimento de valores fixos mensais dos tributos devidos pelo MEI), emissão de certidões negativas de débitos (licitações), orientação ao microcrédito, palestras e cursos. Também haverá palestras e consultorias oferecidas pelo Sebrae.

Momento do empresário

“O governador Ibaneis Rocha tem dado toda a assistência e direcionamento para que os empresários sejam tratados da forma como merecem, sem burocracia”, destacou Alexandre Yanez. “O empresário é a ferramenta que faz o país crescer. ”

Na avaliação do superintendente regional do Sebrae DF, Valdir Oliveira, Sobradinho II vai se tornar um exemplo para todo o Distrito Federal no que diz respeito ao apoio ao empreendedorismo. “Só existe uma saída para crise: a geração de renda e emprego”, resumiu.

Com informações das administrações regionais de Sobradinho II e de Vicente Pires

 

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário