Usado para reajustar aluguel, IGP-M acumula 5,10% em 12 meses

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), utilizado no reajuste de contratos de aluguel, acumula taxa de 5,10% em 12 meses, segundo a primeira prévia de março do indicador, medido pela Fundação Getulio Vargas. A prévia de março ficou em 0,25%, acima da taxa de 0,10% da primeira prévia de fevereiro.

A alta da taxa entre as prévias de fevereiro e março foi influenciada pelos preços do atacado e pela construção civil. A taxa de inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 0,01% na primeira prévia de fevereiro para 0,23% na prévia de março. Já o Índice Nacional de Custo da Construção foi de 0,39% para 0,54% no período.

E o Índice de Preços ao Consumidor, que mede a variação de preços do varejo, teve uma queda na taxa de inflação, ao passar de 0,22% na primeira prévia de fevereiro para 0,17% na primeira prévia de março.

Originalmente por: Agência Brasil

Compartilhe em suas redes sociaisShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *