Tecnologia

Parque Tecnológico de Brasília será primeiro espaço de teste permanente do 5G no país

Na próxima quarta-feira (26), Brasília sediará a cerimônia de assinatura do acordo entre a Biotic S/A, a Huawei e o GDF para a implementação do primeiro espaço de teste permanente do 5G no Brasil, com tecnologia Huawei, a ser instalado no Parque Tecnológico de Brasília – Biotic. A iniciativa criará um ambiente de demonstração da tecnologia 5G de forma que será possível, com o protagonismo da capital federal, conhecer e vivenciar a chegada desta inovação no Brasil.

A parceria produzirá mudanças na estrutura econômica do Distrito Federal com a implantação e gestão do Parque Tecnológico de Brasília. A Huawei é uma empresa multinacional chinesa de equipamentos para redes e telecomunicações, fornecedora de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Após a implementação, periodicamente serão realizados seminários, palestras e eventos, em atividades abertas para a comunidade e para escolas de Brasília. Haverá disponibilização de equipamentos já adaptados para o 5G, proporcionando  experiência e como será navegar na quinta geração de internet móvel. “Estamos fazendo uma aposta na melhoria da internet em Brasília. Tudo o que for tecnologia de ponta nós vamos apoiar”, disse o governador Ibaneis Rocha.

Conexão
Diferente da tecnologia 4G, o 5G possibilitará a conexão simultânea de aparelhos, ou seja, além de maior velocidade na navegação, o usuário poderá conectar até mil objetos em seu aparelho celular. A partir disso, aumentará a possibilidade de inovações tecnológicas, conectando carros, casas e eletrodomésticos via internet. A rede 5G também promete consumir até 90% menos energia do que as redes 4G atuais.

De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), até julho de 2019, será lançado um documento com uma visão de política pública para o 5G. O documento irá dialogar com o Plano Nacional de Internet das Coisas, já que o diferencial do 5G é a conectividade em diversos aparelhos.

O secretário de Projetos Especiais do DF, Everardo Gueiros, frisa que o Executivo local pretende transformar Brasília “em um berço da tecnologia e do desenvolvimento nessas áreas”. Em uma das frentes, quer incentivar cada vez mais a criação de startups. “Acreditamos que a vinda do 5G dará impulso a esses empreendimentos no Distrito Federal”, ressaltou.

Conectividade
Vale ressaltar que a implementação do 5G no Parque Tecnológico de Brasília – Biotic será um teste para a futura efetivação dessa tecnologia no Brasil, o que permite impulsionar as conectividades da internet das coisas (IoT), que se expande cada vez mais e necessitará de redes mais estáveis, sendo o 5G a ponte que conectará todas essas tecnologias de uma cidade do futuro.

“O governador Ibaneis Rocha determinou que o Parque Tecnológico de Brasília dialogasse com os diversos ecossistemas internacionais de inovação para que o Distrito Federal se torne uma referência nacional nesse tema, atraindo investimento estratégico em pesquisa e desenvolvimento e transforme a matriz econômica regional”, afirmou Gustavo Dias Henrique, presidente da Biotic S/A, sobre as expectativas da chegada do 5G à capital federal. “Esse acordo com a Huawei é uma sinalização clara que queremos participar do que existe de mais inovador”, definiu.

A cerimônia de assinatura do acordo acontecerá na próxima quarta-feira (26), às 11h, no Palácio do Buriti, e contará com a presença do governador Ibaneis Rocha e de outros representantes do Governo do Distrito Federal, além de uma palestra da Huawei sobre o que é 5G e como essa tecnologia pode contribuir para uma Capital do Futuro.

Fonte: Agência Brasília

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário