Cidade GDF Segurança Sociedade

GDF reforça esquema de segurança para passagem de ano

Os eventos de virada de ano serão monitorados pelo Centro Integrado de Operações de Brasília

AGÊNCIA BRASÍLIA *
Foto: Arquivo / Agência Brasília

As festividades da chegada de 2020 serão acompanhadas de perto pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). Nesta terça-feira (31), o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) vai monitorar a movimentação nos dois principais pontos das festividades: a Praça dos Orixás, ou Prainha, e a Esplanada dos Ministérios. As equipes definiram estratégias para atuação para garantir a segurança dos presentes.

Serão 20 órgãos atentos à movimentação nessas regiões, entre instituições e agências voltadas para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização. Os órgãos envolvidos na operação participaram de reuniões prévias, coordenadas pela Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), e tiveram estratégias definidas de acordo com fatores como cooperação e integração das forças de segurança e demais órgãos de mobilidade e serviços públicos participantes.

Equipes a postos

Mil e duzentos policiais militares farão a segurança nos locais. Além do policiamento convencional, unidades especializadas, como Rotam, Batalhão de Aviação Operacional (BavOp), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) Regimento de Polícia Montada (Cavalaria), Patamo e Rotam, darão suporte durante a ação. O evento, sob a coordenação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), contratou segurança e brigadistas para atuarem nas festas.

1,2 milNúmero de policiais destacados para a segurança da festa

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atuará nas duas festas com 115 profissionais. As 14 viaturas de busca e salvamento e de combate a incêndio estarão posicionadas em pontos estratégicos para realização de possíveis atendimentos. Equipes formadas pelos militares estarão caminhando pelos locais durante os eventos para facilitar os atendimentos. Em caso de emergência, a orientação é acionar o telefone 193.

O efetivo da 1ª e 5ª delegacias de Polícia, que atendem a área central de Brasília, será reforçado. Também haverá reforço nos plantões da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) e da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin). As delegacias da Criança e do Adolescente (DCA I e II), bem como a Delegacia Especial de Atendimento da Mulher (Deam), também funcionarão de forma ininterrupta.

Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário