saúde Segurança Sociedade

Brasilienses descumprem isolamento e organizam festa “Maldita da Xereca”

Polícia Militar chegou a ir até o local do evento e orientou os organizadores a encerrarem a atração em função do risco de contágio

 

Mesmo diante do crescimento vertiginoso de casos de coronavírus no Distrito Federal, brasilienses insistem em descumprir medidas de isolamento adotadas pelo Executivo local para frear o avanço da Covid-19 na capital. Há quem, inclusive, se arrisque em realizar uma festa em plena pandemia.

O caso ocorreu nessa sexta-feira (01/05), no Itapoã. No convite para a festa “Sexta-feira Maldita da Xereca”, os organizadores pedem: “Bora sair da quarentena e truvar na paz [sic]”.

A mensagem, encaminhada via grupos de WhatsApp, marcava hora e local para o evento clandestino, e anunciava as atrações.

Era cobrada entrada de R$ 10 apenas para homens. Mulheres entravam de graça. “Não é porque você conhece os donos do frevo [sic] que vai entrar de graça”, dizia o aviso dos organizadores.

Acionada, a Polícia Militar do DF (PMDF) chegou a ir até o local da festa. Segundo a corporação, os participantes do evento foram todos revistados (foto em destaque). Ninguém precisou ser detido.

Como não há crime previsto para quem descumpre as medidas de isolamento do Governo do DF, a Polícia Militar apenas orientou os organizadores a encerrarem o evento pela aglomeração no local.

About the author

Ataide Santos

Add Comment

Click here to post a comment