Segurança

PM mata jovem negro por roubo de celular que esqueceu no carro

Cabo da PM Silvio Pereira dos Santos Neto e o rapaz Clayton Abel de Lima (Foto: Reprodução)

O cabo da Polícia Militar Silvio Pereira dos Santos Neto, 29, acusou Clayton Abel de Lima, 20, de ter roubado seu celular, encontrado após o crime no carro do militar na zona norte da capital paulista

 

247 – O cabo da Polícia Militar Silvio Pereira dos Santos Neto, 29, foi preso em flagrante no último sábado (7) após matar Clayton Abel de Lima, 20, num bar na região de Vila Medeiros, na zona norte da capital paulista. Neto acusou o rapaz de ter roubado seu celular, encontrado após o crime em seu carro. A reportagem é de Jeniffer Mendonça, na Ponte.

Após o disparo que matou Clayton, dois PMs foram atender a ocorrência e afirmaram que encontraram Silvio Neto “agitado” e “aparentando estar embriagado”.

O PM foi indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar. De acordo com o delegado Ricardo Lemes de Araujo, do DHPP, ele “não estava confinado em situação de perigo que justificasse reação imoderada e desproporcional, consistente em disparar contra indivíduo desarmado, o levando a óbito no local”.