Saude

SOS DF Saúde realizou 1.200 cirurgias em 16 dias

Os dados não incluem os hospitais do Guará (por não ter centro cirúrgico), além de Gama e Santa Maria, que ainda concluem o levantamento de pacientes que estão aptos para cirurgias e aqueles que precisam fazer exames pré-operatórios.

A unidade da rede com o maior número de cirurgias neste período foi o Hospital Regional de Sobradinho, com 198, sendo a maior parte delas eletivas (104). O Hospital Regional de Ceilândia vem em seguida, com 121 cirurgias realizadas, incluindo as de urgência e eletivas.

Os hospitais de Planaltina e da Região Leste (HRL- antigo Hospital Regional do Paranoá) também fizeram mais de 100 procedimentos em 15 dias. Referência em cirurgias ortopédicas, o HRL fez 63 procedimentos eletivos, sendo 25 deles ortopédicas, e 48 de urgência. Em Planaltina, o destaque foi para as cirurgias ginecológicas, um total de 46 das 112 realizadas.

Na Região Sudoeste, onde estão os hospitais de Taguatinga e Samambaia, o total de cirurgias foi de 163, sendo 89 no HRT e 74 no HRSam. Em Brazlândia, 37 pacientes foram atendidos e no Hospital Regional da Asa Norte, outros 91.

 

O levantamento dos dados dos hospitais da rede só foi possível nesta segunda quinzena após a conclusão da nomeação de diretores de área, que puderam organizar os números.

Os esforços para a realização dos procedimentos – disponibilização de recursos humanos, materiais e instalações físicas – foram iniciados já no primeiro dia de governo, quando o governador Ibaneis Rocha anunciou o programa SOS DF, que inclui a Saúde, oficializado em 7 de janeiro.

A Secretaria de Saúde continuará divulgando, diariamente, o total de procedimentos feitos no IHB e no ICDF. Já a soma incluindo os demais hospitais será divulgada sempre às segundas-feiras.

Fonte: Ascom Saúde

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário