saúde

Queiroga adia de maio para setembro fim de imunização contra Covid do grupo prioritário

Marcelo Queiroga (Foto: Fotos públicas)

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fontana, disse que todo o grupo deve receber a primeira dose até a primeira quinzena de junho e a segunda até setembro

 O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, adiou o fim da imunização do grupo prioritário em quatro meses, de maio para setembro, conforme informou em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 21.Ele destacou, no entanto, que “a previsão é que isso ocorra antes, até porque o esforço [em obter mais contratos] deve resultar em novas doses de vacina. Não posso dizer taxativamente que tenhamos 40 milhões, 35, milhões e 45 milhões em maio porque depende da chegada de insumos no Brasil.”

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fontana, disse que todo o grupo deve receber a primeira dose até a primeira quinzena de junho e a segunda até setembro. Ela afirmou que uma nova versão do plano será divulgada nesta semana.