Rollemberg recebe título de sócio honorário da CDL-DF

A Câmara dos Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) homenageou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, com a entrega do título de cidadão honorário da entidade. A solenidade ocorreu na noite desta terça-feira (22), na sede do órgão empresarial, no Setor de Indústria e Abastecimento.

A homenagem, a sexta do tipo conferida nos 56 anos da existência da CDL-DF, foi uma forma de reconhecimento ao governador por atender pleitos importantes da categoria. Serviu também para celebrar a parceria no encaminhamento dado pelo poder público às demandas do setor produtivo como um todo.

Fundado em 1965 para representar os setores varejista e lojista do DF, a entidade conta com cerca de 5 mil associados. A placa com menção honrosa foi entregue ao governador pelo seu presidente, José Carlos Magalhães Pinto.

Ao receber a outorga, Rollemberg definiu o momento como uma emoção indescritível. “Vejo essa homenagem como um esforço coletivo do que estamos fazendo para uma cidade melhor”, agradeceu.

O chefe o Executivo ressaltou os desafios de manter o equilíbrio econômico em Brasília e defendeu que o desenvolvimento sustentável só será efetivo com investimentos em educação, empreendedorismo, tecnologia, cultura e inovação.

Equilíbrio das contas públicas
Ao falar da crise fiscal que obrigou o governo a adotar medidas de ajuste, Rollemberg disse confiar na compreensão da sociedade. “Mesmo que as decisões tenham um custo político e pessoal elevado, vejo Brasília como uma cidade generosa e temos que retribuir”, observou.

Ele fez referência direta aos fatores que geraram o desequilíbrio. “Quando vemos que uma cidade gasta 77% do seu orçamento com pagamento de servidores públicos, esse estado não está sendo de promoção do desenvolvimento, de igualdade e redução da desigualdade”, lamentou.

Foi preciso, segundo ele, ter coragem de enfrentar a situação com responsabilidade. “Tivemos o entendimento de que o ajuste é importante não só para equilibrar as contas, mas para que o governo honre seus compromissos, e para que tenha como investir naquelas áreas que mais precisam e reduzir as desigualdades sociais”, completou.

Magalhães Pinto agradeceu em nome da categoria. “Pleitos essenciais para o setor, principalmente referentes a reajustes tributários e à segurança jurídica, foram acolhidos pelo entendimento da importância do varejo no DF”, destacou.

O empresário ainda ressaltou a necessidade de manter o diálogo constante com a categoria. “Queremos produzir, gerar empregos e empreender. Contamos com o apoio do governo para que esse trabalho dê resultado.”

O secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Antônio Valdir Oliveira Filho, reforçou que, dar um novo direcionamento à economia, é prioridade do governo. “Vamos criar um ambiente político e econômico para alavancar nossas empresas, gerar empregos e renda no DF”, acrescentou.

Taxistas do DF apresentam pleitos da categoria
Mais cedo, um grupo de motoristas e permissionários de táxi do DF foi recebido pelo chefe do Executivo na Residência Oficial de Águas Claras. Entre os principais pleitos estava a necessidade de mais pontos de parada na cidade e de mais sinalização específica.

Ficou acordado que o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, ficará responsável por articular as demandas com o Sindicato dos Permissionários e Motoristas Auxiliares do Distrito Federal (Sinpetáxi) e com o Sindicato dos Taxistas do Distrito Federal (Sintáxi), representados no encontro.

Fonte: Agência Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *