Rodoviários de Samambaia fazem paralisação em protesto

Rodoviários protestam por mais segurança
Rodoviários protestam por mais segurança

Após o motorista de ônibus da empresa urbi ser assaltado na noite de segunda feira (26) enquanto fazia  a linha Taguatinga X Samambaia, colegas e amigos de Wilson Soares resolveram paralisar as atividades nesta quarta feira (28) em forma de protesto.

Para um funcionário que preferiu não se identificar, eles trabalham em completa situação de descaso em relação à segurança dos rodoviários.

— A gente vive em total descaso. A família fica preocupada desde a hora que saio até a hora em que chego em casa, disse o funcionário.

A paralisação afeta todas as linhas da empresa que saem de Samambaia em direção as demais cidades do DF e não há previsão para fim da manifestação.

São mais de 500 ônibus parados e cerca de 2.000 rodoviários que devem sair em carreata em direção ao 11º Batalhão de Polícia Militar onde irão pedir mais segurança para os profissionais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *