Politica

Senha do Major Olímpio foi usada para registrar emendas com ele já intubado

(Foto: Edilson Rodrigues/Agencia Senado)

Senha do senador Major Olímpio foi usada para inserir sete emendas no Projeto de Lei 4199/20, que visa a criação do Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem, conhecido como BR do Mar, quando ele já estava intubado. O parlamentar faleceu nesta quinta-feira em decorrência da Covid-19

247 – O Projeto de Lei 4199/20, que visa a criação do Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem, conhecido como BR do Mar, recebeu sete emendas protocoladas pelo senador Major Olímpio (PSL). De acordo com reportagem da Crusoé, a senha do parlamentar, que faleceu nesta quinta-feira (18) em decorrência de complicações da Covid-19, foi utilizada quando ele já estava intubado.

Segundo a reportagem, as emendas foram inseridas no sistema do Senado na última quarta-feira (17). A movimentação teria causado surpresa, uma vez que o Major Olímpio já havia se manifestado contra o projeto.

Conforme Abrahão Salomão, diretor da Logística Brasil, associação nacional que representa empresas que operam nos portos, as emendas inseridas no sistema do Senado por meio da senha do Major Olímpio promovem a cartelização e a concentração de mercado.

O parlamentar foi internado no dia 2 de março. O seu quadro de saúde se agravou e no dia 5 ele foi transferido para uma UTI, vindo a falecer nesta quinta-feira.

Publicidade