Justiça Politica

Na mira da PF, sócio devolve carro que Jair Renan ganhou para fazer lobby

Jair Renan Bolsonaro e Allan Lucena (Reprodução)

Advogados do personal trainer Allan Lucena afirmam que carro de R$ 90 doado pelo grupo empresarial Gramazini foi devolvido. Filho de Bolsonaro é alvo de investigação por atuar como lobista da empresa

Por Plinio Teodoro

Parceiro comercial de Jair Renan Bolsonaro, o personal trainer Allan Lucena devolveu o carro elétrico de R$ 90 mil que o filho de Jair Bolsonaro teria recebido do grupo empresarial Gramazini Granitos e Mármores Thomazini para atuar como lobista junto ao Planalto.

Reportagem de Guilherme Amado, na revista Época desta sexta-feira (25), afirma que o carro foi devolvido na semana passada e a doação não foi oficializada por causa de trâmites burocráticos.

Desta forma, a defesa pretende esvaziar a denúncia de lobby, já que não haverá comprovação documental da doação do carro.

No último dia 15, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal abriram inquérito para investigar empresa e negócios de Jair Renan após denúncias de parlamentares da oposição.

Jair Renan atua como lobista do grupo capixaba Gramazini Granitos e Mármores, que obteve em setembro de 2019 um benefício fiscal que concede 75% de desconto no pagamento do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) até 2028.

Publicidade