Justiça Politica

Miliciano que atacou Porta dos Fundos fugiu para a Rússia porque foi avisado que seria preso

Suspeito de ser autor de ataque ao Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi (Foto: Reprodução)

“Achavam que fui muito estúpido pra não cobrir o rosto e não alterar a voz, mas fui conectado o suficiente pra ser avisado do mandado a tempo de viajar pra fora do país”, disse ele. A questão é: quem avisou e permitiu a fuga?

O miliciano Eduardo Fauzi, que participou do ataque terrorista ao Porta dos Fundos, fez uma revelação surpreendente: a de que fugiu para a Rússia porque foi avisado que seria preso. “Achavam que fui muito estúpido pra não cobrir o rosto e não alterar a voz, mas fui conectado o suficiente pra ser avisado do mandado a tempo de viajar pra fora do país”, disse ele, ao site Colanora.

Fauzi também afirmou que pedirá asilo à Rússia. “Eu sou o candidato típico (ao asilo). Mas a decisão é política. Se não houver interesse político eles não me não me asilam”, afirmou. Abaixo, a reação de Ricardo Noblat:

Blog do Noblat

@BlogdoNoblat

Foragido assume autoria de ataque ao Porta dos Fundos e diz que pedirá asilo na Rússia
Procurado há quatro dias, Eduardo Fauzi afirma em entrevista que soube com antecedência da expedição do mandado de prisão do qual era alvo https://oglobo.globo.com/brasil/foragido-assume-autoria-de-ataque-ao-porta-dos-fundos-diz-que-pedira-asilo-na-russia-24171105 

Ver imagem no Twitter
62 pessoas estão falando sobre isso