Politica

Marcos do Val recebeu reembolso dobrado de aluguel e terá de devolver quantia ao Senado

Senador pediu – e obteve – duas vezes o ressarcimento do gasto com escritório político em Vitória referente ao mês de março

O escritório fica na Praia da Canto, bairro nobre de Vitória que tem um dos metros quadrados mais caros da capital capixaba. Além do aluguel, o condomínio para os dois imóveis custa aproximadamente R$ 1.800. Com energia elétrica e TV por assinatura, a conta fica em quase R$ 10 mil por mês.

O montante, contudo, ultrapassou os R$ 17 mil em abril, porque foram apresentados quatro recibos de locação – dois deles referentes ao mês de março, que já haviam sido reembolsados.

Procurado pela reportagem, o Senado informou que promove uma varredura semestral no banco de dados do sistema para listar possíveis repetições de comprovantes. Em caso de “impropriedade”, o documento é glosado (retido).

Ciente da inconsistência no cadastro dos comprovantes de Marcos do Val, a Casa legislativa afirmou que o gabinete será notificado para a devolução ou compensação do valor.

Na noite desta quinta-feira, a assessoria do senador mandou a seguinte nota sobre o caso: “Estamos averiguando junto à diretoria-geral do Senado e se houve algum erro com certeza não foi da minha parte. Já estamos analisando e tendo havido o erro (independente de que parte foi) o mesmo será corrigido”.

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário