Politica

Ex-juiz condenado pelo STF, Moro diz não se arrepender de nada em debate sobre corrupção com Temer e FHC

Moro, Temer e FHC (foto: Agência Brasil) (Foto: Moro, Temer e FHC (foto: Agência Brasil))

“Tenho orgulho do que fiz”, diz o ex-juiz condenado por parcialidade, que é um maiores delitos que podem ser cometidos por um magistrado

247 – O ex-juiz Sergio Moro, condenado por parcialidade pelo Supremo Tribunal Federal, participou de um debate sobre corrupção promovido pelo grupo Parlatório, do qual participaram os ex-presidentes Michel Temer, símbolo da chamada “velha política”, e Fernando Henrique Cardoso, que tem apartamentos em Paris e Nova York, segundo sua ex-amante, e disse não se arrepender do que fez nos últimos anos.

“Não me arrependo de nada. Pelo contrário. Tenho muito orgulho do que foi feito na Operação Lava Jato”, afirmou o ex-juiz, que hoje trabalha para a firma estadunidense Alvarez & Marsal, que administra o processo de recuperação judicial de construtoras brasileiras que quebraram na Lava Jato e demitiram dezenas de milhares de engenheiros e profissionais. Há uma semana, o Supremo Tribunal Federal o condenou e o considerou culpado e parcial nos processos movidos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que abriram uma avenida para a ascensão do neofascismo no Brasil.

Publicidade