Politica

Dallagnol criou “Plano Lula” com cronograma de denúncias para “consumir a moral” do ex-presidente

Deltan Dallagnol (Foto: Arquivo)

Procurador organizou cinco semanas de ataques ao petista. Estratégias incluíam “publicizar” denúncias na mídia

Por Luisa Fragão

O procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da Lava Jato em Curitiba, criou o que ele mesmo batizou de “Plano do Lula”, um cronograma de denúncias e ataques ao ex-presidente. O plano foi compartilhado por ele em um grupo com outros procuradores, no dia 16 de setembro de 2016.

O plano de Dallagnol consistia em um cronograma de cinco semanas com uma série de denúncias diferentes. Um dos procuradores do grupo celebra a iniciativa afirmando que objetivo é “consumir a moral” do acusado, para que ele deixasse “de ser a esperança de alguns”.

Na mensagem, Dallagnol escreve: “Caros, segue plano do LULA que consta em email anterior”. Em seguida, ele destrincha o cronograma, inclusive citando a estratégia de “publicizar” as denúncias na mídia.

“Acho que está algo defasado, mas temos que organizar as próximas etapas. Alguém tem algo mais atualizado? Semana 1 – Lula – triplex e lavagem – QUINTA DIA 28 (meta terça dia 26). Semana 2 – corrupção da mudança – está pronto a lavagem, falta a corrupção que será a mesma da primeira denúncia. Semana – coringa – oferecer junto mas publicizar depois – cautelares patrimoniais – está pronto, só mudar o pedido. Semana 3 – lavagem sítio e corrupção odebrecht – Athayde vai trabalhar na corrupção. Semana 4 – LILS e palestras. Semana 5 – terreno Julio e Roberson trabalharão na lavagem. Assessor Isabel nas improbidades para irmos soltando 1. Triplex e mudança – Roberson e Julio 2. Sítio – tatá 3. Empréstimo schahin – Jerusa 4. Apartamento contíguo 5. Instituto e LILS 6. Terreno Odebrecht 7. Sete Brasil – tem chão Frentes – Griffen – antena oi – filhos – Estratégia de comunicação. Não é o triplex, e quem estava por trás do Mensalão, e o maestro, e o comandante. -Audiências Novo CENPES e Credencial – Diogo assumiu Credencial e Taccla. Novo CENPES”, escreve o procurador.

A procuradora Isabel Groba então ironiza: “Isso se chama integridade! Hehehe”. Um procurador identificado como Walter Prr então comenta: “O Lula precisa ser desmascarado antes de poder ser preso. Ele tem que deixar de ser a esperança de alguns. Vai ter que ter a moral consumida aos poucos. Vai ter que sair a acao do sitio e depois e da conta amigo. E depois outra”.

A troca de mensagens entre os procuradores foi obtida pela Operação Spoofing. No mês passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que as autoridades competentes compartilhassem este conteúdo com a defesa de Lula. A conversa sobre o “Plano do Lula” foi protocolada pelos representantes do ex-presidente junto ao STF.

Publicidade