Cidadania Politica saúde Sociedade

Comissão aprova projeto que proíbe símbolo pejorativo para identificação de idoso

Carmen Zanotto: o símbolo atual retrata uma visão ultrapassada sobre as pessoas idosas

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 10282/18, do Senado Federal, que proíbe o uso, na identificação preferencial de idoso, de símbolo que seja pejorativo ou tenha juízo de valor. A medida é inserida no Estatuto do Idoso.

O parecer da relatora, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), foi favorável à proposta e contrária ao PL 6191/13apensado. “O símbolo utilizado nos dias de hoje retrata a imagem de uma pessoa curvada para frente, apoiada em uma bengala, deduzindo-se tratar de pessoa frágil e até mesmo sem autonomia. É incontestável que essa visão equivocada sobre as pessoas idosas já foi ultrapassada”, disse.

Ela ressaltou que o projeto tem origem em mobilizações da sociedade civil, por meio do movimento “Nova cara da terceira idade”.

“O movimento pleiteia que a nova imagem reflita a real condição dos maiores de 60 anos, isto é, pessoas com mais vitalidade, mais saudáveis, mais ativas e mais produtivas”, explicou.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Lara Haje
Edição – Marcia Becker

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário