Politica saúde

Estados Unidos ameaçam abandonar a OMS para sempre

Alegando que a Organização Mundial de Saúde (OMS) não é transparente sobre como começou o surto de coronavírus, o secretário de Estado, Mike Pompeo ameaçou abandonar para sempre a organização multilateral

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington não apenas vai parar de financiar a Organização Mundial de Saúde (OMS), mas também quer mudar a liderança do organismo, enquanto avalia a possibilidade de abandoná-lo.

“Acho que é a coisa certa a se fazer”, disse Pompeo em entrevista ao Fox Channel, respondendo à ideia da apresentadora Laura Ingraham de exigir a renúncia do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Ou mais do que isso. Os EUA podem nunca mais voltar. Podemos precisar de uma mudança ainda mais ousada do que isso”, acrescentou.

Em particular, ele criticou a OMS por supostamente não impedir Pequim de esconder informações sobre a origem do coronavírus, uma doença que Pompeo disse que teria começado em um laboratório chinês.

“É responsabilidade da Organização Mundial da Saúde alcançar essa transparência. Eles não estão fazendo isso. Eles devem ser responsabilizados”, afirmou Pompeo.

Informações de Russia Today.