“NAS DELAÇÕES, O GRANDE PRÊMIO É O NOME DO LULA”

a1

InfoMoney

Em conversa com blogueiros iniciada às 10h (horário de Brasília), o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, reclamou que sempre teve “tratamento diferenciado”; “Não quero falar em perseguição, nem dizer que sou vítima. Sempre fui tratado com desdém”; “Eu duvido que tenha um promotor nesse país que diga que eu esteja envolvido em irregularidades”; Lula também denunciou a pressão da Lava Jato; “Eu já ouvi dizer que nas perguntas, nas delações, o grande prêmio é falar o nome do Lula”; “Sabe o que engraçado? Os funcionários envolvidos na corrupção na Petrobras têm 30 anos de carreira. Não houve uma denúncia do MP, da PF… Não houve um presidente que foi mais à Petrobras do que eu”

Em conversa com blogueiros iniciada às 10h (horário de Brasília), o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que sempre teve “tratamento diferenciado”. “Não quero falar em perseguição, nem dizer que sou vítima. Sempre fui tratado com desdém”, afirmou. “Eu duvido que tenha um promotor nesse país que diga que eu esteja envolvido em irregularidades”.

Lula também denunciou a pressão da Lava Jato; “Eu já ouvi dizer que nas perguntas, nas delações, o grande prêmio é falar o nome do Lula”. “Sabe o que engraçado? Os funcionários envolvidos na corrupção na Petrobras têm 30 anos de carreira. Não houve uma denúncia do MP, da PF… Não houve um presidente que foi mais à Petrobras do que eu”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *