Meio Ambiente

Adote um bichinho: cães acolhidos na Zoonozes aguardam novo lar

São 22 animais que já foram vacinados e estão aptos para viver em família

AGÊNCIA BRASÍLIA* I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

O canil da gerência de Vigilância Ambiental de Zoonozes está com 22 cães aptos para adoção. São 12 fêmeas e dez machos, todos adultos, que aguardam um novo lar.

O cidadão que deseja adotar um bichinho, deve comparecer à Diretoria de Vigilância Ambiental, no Noroeste. Os animais já foram examinados e vacinados contra raiva e leishmaniose e aguardam um novo lar.

“São cães que foram recolhidos e que estavam em condições sanitárias inadequadas em logradouros públicos e privados”, explica o gerente substituto da Zoonoses, Laurício Monteiro. Os animais são todos adultos.

Para adotar, é necessário apresentar documento de identificação com foto, ter acima de 18 anos e assinar um termo de responsabilidade se comprometendo a cuidar bem do animal.

Também é preciso realizar exames anuais, aplicar as vacinas necessárias e administrar vermífugo, além de aplicar remédio contra pulga, carrapato e repelente de flebótomo, conhecido como mosquito palha, transmissor do parasita da leishmaniose visceral canina.

No momento da adoção, o interessado recebe orientações quanto à guarda responsável de animais domésticos e às medidas de prevenção e controle de doenças. Antes de ser doado, cada bichinho fica em observação por dez dias e é vacinado contra a raiva. Os cães também fazem testes para identificar possíveis casos de leishmaniose.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário