Mais de 3 mil crianças participam da Caravana da Criança no DF

Durante este mês de março, um projeto multiartístico proporcionou a cerca de 3 mil crianças um mergulho intenso na arte, garantindo descobertas e transformação. Trata-se da Caravana da Criança, que encerrou sua terceira temporada nesta segunda-feira (26) na EC 02 – Escola Agrícola Vicente Pires e no Sesc Guará.

Ao todo o projeto visitou oito escolas, num total de nove apresentações – todas reuniram circo, artes cênicas e contação de histórias num mesmo espetáculo, tendo a música como fio condutor artístico. O projeto cultural é voltado a estudantes de escolas públicas e de instituições culturais e educacionais (na faixa de seis a 14 anos).

Durante toda a temporada, os estudantes foram surpreendidos com um espetáculo plural baseado num repertório que valoriza canções e histórias tradicionais brasileiras. Além disso, eles participaram de oficinas de cordel, de percussão e circo, o que possibilitou uma vivência com muita expressão e interatividade. O objetivo foi estimular a criatividade das crianças através da experiência multiartística. O público participou interagindo com os artistas. A intenção foi fazer as crianças se envolverem nos desafios rítmicos.

Para Luciana Ferreira de Moraes Takahashi, vice-diretora de uma das escolas participantes, a ECF 21 Taguatinga Norte, este é um projeto de inclusão cultural. A escola atende a crianças de várias localidades de Brasília e a educadora explica que, muitas não teriam acesso a um espetáculo desta natureza se não fosse através da visita de um projeto como a Caravana. “Foi uma experiência fantástica para as crianças, que com certeza trará bons resultados em sala de aula e para a vida delas”, expressa.

Os espetáculos integraram artistas do Trio Baru, Camerata Caipira e Circo Rebote, grupos de referência na música e no circo da cidade, com projeções nacionais e internacionais. O Trio Baru, por exemplo, tem uma longa atuação no país e é um dos responsáveis pela difusão atual do Chorinho na Europa, com participação no Clube do Choro de Londres e em apresentações deste gênero musical na Holanda e em Portugal.

Arte coletiva

Idealizada pelo sociólogo, Nelson Latif, e pelo educador, Ismael Rattis, (ambos músicos), a Caravana da Criança é uma realização do Coletivo Educação pela Arte, sob o fomento do Fundo de Apoio a Cultura/FAC, da Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Nelson Latif explica que a Caravana surgiu com a proposta do conceito da educação pela arte. “O projeto vai um pouco além da educação artística porque nós não ensinamos, mas procuramos despertar a criatividade das crianças, que é tão pouco explorada dentro do sistema público de ensino”. Segundo ele, a cada encontro, os estudantes demonstraram envolvimento, curiosidade e absorvem de forma lúdica os conceitos trabalhados no projeto que valorizam a formação da cultura brasileira.

A contadora de histórias, Isabella Rovo, diz que a Caravana mexe com o imaginário da criança, principalmente por conta da linguagem de circo, com atuação de palhaços e sua magia – “esses elementos são alinhavados à música ao vivo com um repertório muito rico e importante para a formação dos estudantes”.

Fonte: JBr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *