Maconha medicinal poderia movimentar R$ 4,5 bi no Brasil

Estudo da empresa americana New Frontier Data aponta que quase 959 mil brasileiros poderiam ser usuários de remédios à base de maconha caso este uso fosse legalizado.

Se pacientes com dores crônicas fossem incluídos, o contingente de consumidores iria para 3,4 milhões, o que movimentaria US$ 1,4 bilhão (R$ 4,5 bilhões) nos três primeiros anos, segundo a consultoria.

O levantamento, divulgado pela colunista Maria Cristina Frias, foi feito com base no mercado de países onde a droga é permitida e no número de enfermos cujo tratamento poderia utilizar canabidiol ou similares

Por: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *