GDF Justiça

PF faz operação em Brasília contra corrupção no TCDF

Rafaela Felicciano/Metrópoles

A investigação apura crimes de advocacia administrativa , corrupção passiva, peculato, falsidade ideológica e prevaricação

 

Polícia Federal cumpre, na manhã desta quarta-feira (26/5), mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra servidores do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). A ação foi batizada de Operação Pacare.

Metrópoles apurou que os investigadores buscam provas sobre possível troca de informações, intermediação e manipulação na distribuição de processos, dentro do TCDF, referentes à Operação Falso Negativo, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), que denunciou irregularidades na aquisição de testes para detecção da Covid-19. Em razão da investigação, foram presos o secretário de Saúde à época, Francisco Araújo Filho, e outros gestores da Secretaria de Saúde do DF.

Desta vez, indícios apontam que membros do TCDF podem ter recebido pagamentos de algumas empresas investigadas.

As investigações apuram desde o pagamento e recebimento de vantagens indevidas para a quitação de empenhos sem as observâncias dos requisitos legais até suposta intermediação e patrocínio de interesse privado junto ao TCDF.

Operação Pacare

O nome da operação faz alusão à palavra “pagar”, cuja origem etimológica vem do latim Pacare, “aplacar, satisfazer, apaziguar”.