Eventos na orla do Paranoá exigem cuidados especiais

A orla do Lago Paranoá desobstruída abre novas opções de festas para os brasilienses. A possibilidade de eventos nas margens do espelho d’água, no entanto, exige certos cuidados para manter a preservação do local e a própria segurança dos frequentadores.

Espaços como o Parque dos Pioneiros Cláudio Sant’Anna – Deck Sul, Deck Norte, Ermida Dom Bosco e Concha Acústica já têm recebido festividades de lazer.

Entre as recomendações dadas por órgãos do governo, um dos pontos que requer atenção é o descarte adequado do lixo.

De acordo com o gerente de Limpeza Urbana Oeste, do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Daniel Rocha, muitos dos resíduos acabam dentro do lago. A orientação é que se tenha espaço para a destinação correta do lixo e que as pessoas não entrem na água com garrafas e latas, por exemplo.

Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal também orienta a população para o melhor aproveitamento das festividades sem surpresas desagradáveis. Nos lugares em que é permitido entrar no lago para nadar, é aconselhável a prudência dentro da água.

De acordo com o primeiro-tenente do Grupamento de Busca e Salvamento da corporação, Daniel Salomão, cerca de 90% dos incidentes com afogamento poderiam ter sido evitados. A maioria dos casos é em decorrência do uso de bebida alcoólica.

“Não é recomendado entrar na água após a ingestão de álcool, pois os riscos são bem maiores para um afogamento”, ressalta Salomão. Comidas pesadas também devem ser evitadas para não haver perigo de congestão.

Outro cuidado importante é com as crianças dentro d’água. A orientação é que os responsáveis fiquem a um braço de distância. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o terreno do lago é desnivelado, e é grande a possibilidade de passar de 1,5 metro de profundidade para 5 metros de repente.

Segundo o primeiro-tenente, a prevenção é a forma mais efetiva para evitar acidentes. Em eventos de grande aglomeração é recomendável ao organizador delimitar o acesso ao espelho d’água.

A Companhia de Salvamento Aquático, do Corpo de Bombeiros Militar do DF, também faz rondas preventivas ao longo do Lago Paranoá. Pelo menos dez militares atuam na área nos fins de semana, quando a movimentação de público é mais intensa. Em caso de emergência, ligue 193.

Como solicitar eventos na orla do Lago Paranoá

A autorização para os eventos em espaços às margens do Lago Paranoá requer a aprovação prévia da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. O protocolo de solicitação segue o mesmo adotado para festividades em outros ambientes públicos do Distrito Federal.

Os formulários a serem preenchidos estão no site da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, na aba Serviços, opção Comunicar evento ou manifestação popular.

Se aprovado o pedido, o solicitante recebe uma declaração de cadastro, que ainda não libera o evento. O documento serve para dar prosseguimento ao trâmite nas administrações regionais — para ter a licença eventual — e nos demais órgãos competentes, como o Corpo de Bombeiros Militar e a Defesa Civil.

Fonte: Agência Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *