Internacional

Trump pressionou secretário de Estado a mudar resultado de votação na Geórgia

FOTO: SAUL LOEB / AFP

Áudio obtido pelo jornal The Washington Post revela diálogo entre o presidente e Brad Raffensperger

Carta Capital

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi flagrado em conversa com o secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, em que o pressiona a encontrar votos suficientes para anular sua derrota para Joe Biden no estado.

A conversa teria acontecido no sábado 2 e foi divulgada neste domingo 3 pelo The Washington Post.

“Esta certo. Tudo que eu quero fazer é isso, eu só quero encontrar 11.780 votos, que é um a mais para nós”, disse Trump durante a ligação que vazou.

Durante o diálogo, o secretário de Estado rejeitou as afirmações do presidente sobre a eleição. A certa altura, Trump disse que Raggensperger assumia um “grande risco” ao não agir para anular os resultados.

Ouça o diálogo:


No dia 7 de dezembro,  o estado concluiu, pela 3ª vez, a contagem dos votos que declarou vitorioso o presidente-eleito Joe Biden, do Partido Democrata. O anúncio foi feito justamente por Raffensperger.

A campanha do republicano havia solicitado recontagens em vários estados, na tentativa de ser declarado reeleito presidente dos Estados Unidos.

“Hoje é um dia importante para a integridade das eleições na Geórgia e pelo país”, disse Raffensperger. “O povo da Geórgia agora pode seguir em frente sabendo que seus votos, e apenas os votos legais, foram contados de maneira confiável, correta e justa”, completou no anúncio à época.

A vantagem de Biden na Geórgia continua sendo de cerca de 12 mil votos, marcando um retorno dos democratas no estado após quase três décadas de maioria republicana

Advertisement