Hospital do Distrito Federal recebe diesel, mas acha falha em caldeira e segue sem serviço

Uma sequência de falhas em contratos e equipamentos prejudica, desde a última quarta (13), a esterilização de materiais em um dos maiores hospitais públicos do Distrito Federal. Na quinta (14), funcionários denunciaram que a caldeira do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) estava parada por falta de óleo diesel. Nesta quinta (15), o combustível chegou, mas a bomba de alimentação estava quebrada.

As denúncias são do Sindicato dos Empregados em Saúde do DF (Sindisaúde). Vídeos feitos pela entidade mostram que, por causa da sucessão de problemas, as roupas estão sendo enviadas para secar em outros hospitais da rede. A direção do hospital diz que a manutenção já foi acionada, mas não tinha um prazo para a normalização dos serviços.

Na tarde de quinta, o hospital recebeu 5 mil litros de óleo diesel, suficientes para todas as caldeiras da unidade por uma semana. Além da esterilização de materiais e da lavanderia, os equipamentos também aquecem a água para o banho dos pacientes.

Publicado originalmente por: G1

Compartilhe em suas redes sociaisShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *