GOVERNO PRORROGA BENEFÍCIO PARA A EDUCAÇÃO ATÉ 2018

O governador Marconi Perillo anunciou nesta quarta-feira (29/11) a prorrogação da vigência do vale-alimentação concedido aos servidores da Educação para 31 de dezembro de 2018. Em mensagem de vídeo postada em suas redes sociais, Marconi afirmou que enviará para a Assembleia Legislativa o pedido para que o benefício, de R$ 500 mensais, se estendido por mais 12 meses.

O vale-alimentação foi instituído em junho deste ano por Marconi como parte das medidas de valorização dos servidores, por meio do Goiás na Frente Educação, e tinha vigência inicial até 31 de dezembro deste ano. O governador disse que a decisão de prorrogar o benefício é um reconhecimento ao trabalho e à dedicação de todo o time da Educação – diretores, tutores, coordenadores, professores, servidores técnico-administrativos e superintendentes – liderado pela secretária de Educação, Cultua e Esporte (Seduce), Raquel Teixeira.

“Isso está sendo feito em reconhecimento ao grande esforço de todos os profissionais da Educação, no sentido de ensinar cada vez melhor os nossos alunos, criar um ambiente de cada vez mais competitividade na escola”, disse Marconi. “É um reconhecimento ao grande esforço da professora Raquel Teixeira, um baluarte da defesa da educação de qualidade, uma motivadora, uma grande líder da Educação”, disse o governador, citando também “o empenho dos nossos superintendentes, sobretudo os nossos coordenadores regionais”.

“Eu já tinha me decidido (pela prorrogação), junto à professora Raquel. Nós temos sensibilidade e sabemos da importância de todos os que atuam na Educação”, disse o governador. “Eu já autorizei a prorrogação, já entreguei essa autorização para a Professora Raquel Teixeira, para que nós possamos manter o vale-alimentação”, afirmou Marconi, mostrando os diversos pedidos “que vieram de todas as partes de Goiás pedindo que o vale-alimentação de R$ 500 fosse prorrogado”.

Marconi agradeceu os servidores da educação pelos avanços nas políticas de ensino-aprendizagem e afirmou que a luta para melhorar ainda mais a Educação em Goiás continua, para que Goiás tenha o melhor o sistema estadual do País. “Um abraço a todos vocês, parabéns, e vamos à luta por uma educação pública de qualidade, democratizadora de oportunidades e que seja a melhor do Brasil”, afirmou ele.

O vale-alimentação é um dos benefícios do Goiás na Frente Educação, o maior conjunto de medidas para o setor já implantado pelo Governo do Estado. As medidas, foram anunciadas pelo governador Marconi Perillo em maio deste ano e aprovadas pela Assembleia Legislativa. Entre elas estão o reajuste de 7,64% aos professores efetivos do P-1 ao P-4, criação de uma gratificação que equipara a remuneração dos profissionais da ativa do quadro transitório ao dos professores do quadro permanente e autorização do concurso público para 1.000 vagas (900 para professores e 100 para administrativos).

Por meio do Goiás na Frente Educaçao também foi criada a Gratificação por Dedicação em Período Integral (GDPI) para os professores que lecionam nas escolas de tempo integral e aprovado reajuste de 21% para os servidores administrativos e de 34% para os temporários. Os reajustes, a gratificação e o vale-alimentação começaram a ser pagos na folha do mês de junho.

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *