Geral

SSP recebe policiais de embaixadas

Com o objetivo de fortalecer o intercâmbio com países que possuem representação diplomática no Distrito Federal, a Secretaria de Segurança Pública do DF (DDP/DF) promoveu, nesta quarta-feira (13), reunião entre policiais adidos de embaixadas e representantes da pasta. No encontro, realizado no Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), foram apresentados os principais projetos da nova gestão do Governo do Distrito Federal na área de Segurança Pública.

Os policiais representantes da União Europeia e de nove países: Espanha, Estados Unidos, Portugal, Suíça, Turquia, Colômbia, Bélgica, Japão e França participaram do evento.

O secretário de segurança pública, o delegado federal Anderson Torres, ressaltou a importância da troca de experiência entre os países, sobretudo em ações de prevenção, capacitação e tecnologia. “Nosso objetivo, desde que assumimos a gestão da segurança pública do DF, foi trabalhar para que o crime não aconteça. Para isso, é do nosso interesse conhecer projetos de prevenção à delinquência juvenil, à violência contra a mulher e do uso do aparato tecnológico no combate ao crime”, destacou.

Na ocasião foi apresentado aos policiais a estrutura e o funcionamento da SSP/DF, os projetos sociais e as ações de segurança preventiva em andamento, além de estatísticas criminais das áreas das embaixadas.

O presidente da Associação dos Adidos Policiais no Brasil, e adido policial da Espanha, José Luis Fernández, elogiou as propostas da atual gestão. “Fico feliz em ouvir que a meta número um é o cuidado com as crianças e com as mulheres. Estaremos sempre à disposição para colaborar e para trabalhar em conjunto. Será uma honra para nós”.

Participaram também do encontro o secretário executivo da SSP/DF, o delegado federal Alessandro Moretti, os subsecretários de Prevenção à Criminalidade (Suprec), Daniel Nazi; de Ensino e Valorização Profissional (Sevap), Williman Costa; e de Gestão da Informação (SGI), Célio Dutra.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública do DF

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário