Metrô e ônibus em esquema especial para atender candidatos do Enem

Este domingo (11/11) é dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No país, mais de 5 milhões farão o teste. No DF, são 106.309 candidatos. Para atender à demanda, o metrô estendeu o seu horário de funcionamento. Os trens começarão a rodar às 7h e pararão uma hora mais tarde, às 20h.

O reforço no transporte público ocorre para atender o fluxo no início e término da prova. No DF, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h. O exame, neste domingo (11), vai até as 18h30.

Reforço no policiamento
Em cada local de prova, uma dupla de policiais da Polícia Militar do DF (PMDF) atuará para garantir a segurança das pessoas que vão prestar o exame.

Além disso, a corporação aumentará o número de viaturas para o policiamento de domingo. A PMDF também fará as escoltas dos malotes com as provas até os locais onde serão aplicadas. O transporte é responsabilidade dos Correios.

Todas as linhas de ônibus do Transporte Público do Distrito Federal (DFTrans) também terão reforço, das 11h às 13h e das 17h às 20h. Nesses horários, os coletivos vão circular conforme a tabela de sábado. No restante do dia, a operação seguirá a tabela de domingo.

O Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) cancelou os bloqueios previstos na Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e Estrutural para este domingo, em função do Enem. Já o da Ponte do Bragueto começa às 13h. Confira o aviso abaixo:

Todas as linhas de ônibus do Transporte Público do Distrito Federal (DFTrans) também terão reforço, das 11h às 13h e das 17h às 20h. Nesses horários, os coletivos vão circular conforme a tabela de sábado. No restante do dia, a operação seguirá a tabela de domingo.

O Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) cancelou os bloqueios previstos na Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e Estrutural para este domingo, em função do Enem. Já o da Ponte do Bragueto começa às 13h. Confira o aviso abaixo:

Reprodução

REPRODUÇÃO

Vamos fazer um checklist?
De acordo com o Inep, quando o candidato chegar ao local de prova, é preciso apresentar documento oficial de identificação com foto. Inscritos sem documentação não poderão fazer a avaliação.

Também não serão aceitos documentos em formatos eletrônicos, cópias simples ou autenticadas. Contudo, o instituto passou a permitir que o participante leve mais opções de identificação nos dias do exame.

Veja os documentos aceitos

Cédulas de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal;
Carteira de Registro Nacional Migratório;
Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
Carteira de Trabalho e Previdência Social;
Certificado de Dispensa de Incorporação;
Certificado de Reservista;
Passaporte;
Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
Identidade funcional.

Reprodução
REPRODUÇÃO
Vamos fazer um checklist?
De acordo com o Inep, quando o candidato chegar ao local de prova, é preciso apresentar documento oficial de identificação com foto. Inscritos sem documentação não poderão fazer a avaliação.

Também não serão aceitos documentos em formatos eletrônicos, cópias simples ou autenticadas. Contudo, o instituto passou a permitir que o participante leve mais opções de identificação nos dias do exame.

Veja os documentos aceitos

Cédulas de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal;
Carteira de Registro Nacional Migratório;
Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
Carteira de Trabalho e Previdência Social;
Certificado de Dispensa de Incorporação;
Certificado de Reservista;
Passaporte;
Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
Identidade funcional.

Fonte: Metropoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *