Caesb começa a captar água de córrego para amenizar impacto no Descoberto.

A partir dessa quinta-feira (24) a Caesb começou a captar água do córrego Crispim, para combater a crise hídrica que atravessa o Distrito Federal.

 

Para diminuir o impacto do Reservatório do Descoberto, o responsável pelo abastecimento da maior parte de Brasília, a Caesb optou por captar água do córrego Crispim, localizado no Gama, calculando que 15% da população receba essa água do córrego.

 

A Caesb informou que o consumo do DF diminuiu cerca de 9,2% entre agosto e outubro, quando comparado ao ano passado. E com a diminuição da pressão da água é esperado que esse consumo diminua de 5% a 10% a mais.

Quando e onde pressão da água estará menor?

Com a redução da pressão, o consumo mais consciente e a taxa de contingência  a Caesb se mantém otimista quanto ao reservatório do Descoberto e afirma que as medidas serão mantidas até que o nível do reservatório esteja em condição segura para consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *