Evento no Palácio do Buriti marca Dia Mundial de Combate à Violência contra a Mulher

O Palácio do Buriti sediou, neste sábado (25), a abertura do Orange Day, iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) em alusão ao Dia Mundial de Combate à Violência contra a Mulher.

“Este evento nos alerta para o fato de que temos muito ainda para avançar, mas ele nos enche de esperança de saber que temos muita gente comprometida com essa causa”, discursou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que abriu a solenidade no Salão Branco.

A proposta do Orange Day (Dia Laranja, em português) é chamar a atenção da sociedade para os vários fatores que naturalizaram a agressão a mulheres por pessoas do sexo masculino, em especial, companheiros, pais e parentes próximos.

“Quando a gente ouve que a maior parte da violência contra as mulheres ocorre dentro de casa, estamos diante de um problema cultural. Precisamos transformar a cabeça das pessoas para construir um mundo melhor”, enfatizou Rollemberg.

O Orange Day faz parte da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, liderada pela ONU e lançada oficialmente no Brasil na segunda-feira (20). No restante do mundo, a campanha começa neste sábado (25) e vai até 10 de dezembro.

O evento deste sábado é uma maneira de dar foco para a luta contra a violência de gênero, destacou Márcia Alencar, secretária adjunta de Políticas para Mulheres, da pasta do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

“Hoje é um dia de luta, mas também um dia para que as nossas meninas se inspirem em modelos de mulheres marcantes, mulheres que estão no dia a dia ressignificando nossas vidas”, acrescentou Márcia, ao citar, entre outros exemplos, a professora Gina Vieira, da rede pública de ensino.

Gina Vieira Ponte é idealizadora do Mulheres Inspiradoras, projeto que ensina noções de direitos femininos nas escolas públicas de Brasília. “A violência contra a mulheres é um aspecto tão complexo que só um trabalho integrado pode dar conta de mudar isso”, afirmou a docente, que também participou do Orange Day.

A colaboradora do governo e esposa do governador, Márcia Rollemberg, ressaltou a importância do período escolhido para os 16 dias de ativismo. “É uma campanha que nasce no Dia da Consciência Negra, passa pelo Dia da Mobilização [dia 25] e pelo He for She [6 de dezembro, quando se reforça o envolvimento dos homens na causa] e termina no dia 10. É o momento de a gente intensificar o alerta, mostrar para a cidade os dados e unir todos para mudar essa realidade.”

O encontro no Buriti contou ainda com representantes de organizações pelos direitos das mulheres, organizações internacionais, membros do corpo diplomático e sociedade civil.

campanha do Orange Day, desde essa sexta-feira (24), o Palácio do Buriti está iluminado na cor laranja.
Campanha do Orange Day, desde essa sexta-feira (24), o Palácio do Buriti está iluminado na cor laranja. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Protocolo de intenções entre secretarias do DF

Na solenidade, foi assinado um protocolo de intenções entre seis secretarias de Estado para o enfrentamento da violência contra a mulher na capital do País.

De acordo com o documento, as pastas assumem obrigações como o desenvolvimento de campanhas conjuntas de conscientização e a elaboração de um plano de ações.

Assinaram o acordo:

  • Secretaria de Educação
  • Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer
  • Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude
  • Secretaria de Saúde
  • Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social
  • Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos

Organismos internacionais também podem contribuir de forma voluntária para as atividades previstas no protocolo. Assinaram como apoiadores a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

Também neste sábado (25), teve apresentação musical de meninas do projeto Alimentando Sonhos, de Sobradinho, e foi inaugurada a exposição de artes visuais Mulheres Inspiradoras, no Espaço Israel Pinheiro do Palácio do Buriti.

Além disso, em alusão à campanha do Orange Day, desde essa sexta-feira (24), o Palácio do Buriti está iluminado na cor laranja.

Fonte: Agência Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *