Educação

Estudante da rede pública representa DF no Parlamento Jovem

A semana será bastante diferente para Jesiel Ferreira Soares, de 18 anos. O estudante do terceiro ano do Centro de Ensino Médio Setor Leste é o representante do Distrito Federal no programa Parlamento Jovem Brasileiro, da Câmara dos Deputados. Morador de Águas Lindas de Goiás, ele acorda todos os dias às 4h da manhã e percorre 60 quilômetros de ônibus para chegar ao CEM Setor Leste, localizado no Plano Piloto.

Após um tour pelo Congresso e um treinamento realizados nesta segunda-feira (23/9), o estudante tomará posse como jovem deputado na manhã desta terça-feira. Até o final da semana, ele e outros 77 representantes de outras unidades da Federação irão desempenhar as atividades de parlamentares na própria Câmara, incluindo o debate e a votação de projetos de lei elaborados pelos próprios participantes.

Para chegar ao programa, Jesiel teve de encaminhar um projeto de lei, que concorreu com outros 15 somente do DF. A proposta vencedora prevê a inclusão de Benjamin Constant no Livro de Heróis da Pátria, além da criação de um prêmio anual para cidadãos ou instituições que atuem na promoção da qualidade de vida para pessoas com deficiência visual.

“É uma forma de reconhecer trabalhos que trazem melhorias para a população”, ressalta o aluno.

A ideia surgiu da parceria com o professor Wilson Bezerra, que insistiu para que Jesiel participasse da seleção. “Ele é um rapaz muito interessado e inteligente. Fui pessoalmente apresentar o programa e dei as dicas de como fazer a inscrição”, relembra o educador.

aqui em Brasília temos escolas muito boas na rede pública. Escolhi por um ensino de melhor qualidadeJesiel Ferreira, estudante

Em um primeiro momento, o estudante ficou reticente e chegou a pensar em desistir. “Achava que não tinha competência para isso, mas o professor Wilson me instigou. Após a escolha percebi que nós, alunos de escolas públicas, temos total capacidade de competir com os demais”, afirma.

A atitude e a seleção do projeto de Jesiel motivaram colegas, que fizeram inscrições em outros programas, como o Jovem Senador.

Superação

A superação de obstáculos, foco do projeto de lei de Jesiel, está sempre presente no cotidiano do jovem. A começar por acordar de madrugada para ir à escola. “É desgastante, mas aqui em Brasília temos escolas muito boas na rede pública. Escolhi por um ensino de melhor qualidade”, diz o jovem, referindo-se à opção de não estudar em colégios da sua cidade.

Ao ser selecionado para o programa da Câmara dos Deputados, Jesiel esbarrou em novo obstáculo. O estudante precisava de um terno e iniciou uma vaquinha para adquirir a peça. Mas o problema foi logo resolvido. O pedido chegou à Secretaria de Educação e servidores da pasta se reuniram para presentear o adolescente com as vestimentas adequadas, além de um corte de cabelo.

“A gente não têm um representante de escola pública no Parlamento Jovem há muito tempo. Quando soubemos que ele não tinha um terno para tomar a posse, nos unimos para fazer uma vaquinha e comprar”, conta o subsecretário de Educação Básica, Helber Vieira.

Quanto ao futuro, Jesiel não pretende ser um deputado, mas destaca a importância da formação política. “Quero fazer gastronomia. Mas acredito que atualmente, em que a política é tão demonizada, é essencial que todos tenham conhecimento e participem ativamente das decisões. Só assim podemos exigir mudanças e preservar bens como a educação”, argumenta.

O projeto

Criado em 2004, o Parlamento Jovem Brasileiro é realizado anualmente pela Câmara dos Deputados. O projeto permite a experiência democrática a alunos de ensino médio de escolas públicas e particulares.

Participantes de todo o país são selecionados após a análise dos projetos de leis elaborados e encaminhados pelos próprios estudantes.

Além do aprendizado sobre o sistema político, os jovens ainda desenvolvem habilidades diversas como domínio da linguagem e expressão pessoal, compreensão de fenômenos, enfrentamento de situações-problema, construção de argumentação e elaboração de propostas.

Mais detalhes sobre o programa, incluindo a programação da atual edição, podem ser consultados no site do Parlamento Jovem Brasileiro.

 

* Com informações da Secretaria de Educação

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário