Educação

Emater-DF dará curso para estimular manutenção do jovem no campo

Os jovens filhos de produtores rurais vão às metrópoles estudar e muitos não voltam mais ao campo – a não para visitar os pais. Para dar essa turma entusiasmo com o trabalho rural, dando-lhe condições dignas para viver, empreender e se desenvolver, a Emater-DF está trabalhando o programaJuventude e sucessão rural – filhos deste solo.

O projeto também visa deixar um legado de formação de uma geração empreendedora, além de implantar novos modelos produtivos para facilitar cada vez mais o trabalho no meio rural.

Nesta semana, a empresa fechou parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB) e, em agosto, lança um curso dirigido para o público de 18 a 29 anos que tenha algum vínculo com propriedades rurais. A duração do curso será de 40h e os jovens terão aprendizado teórico sobre empreendedorismo e gestão, bem como um período prático.

As inscrições para as primeiras turmas de formação serão abertas no dia 10 de julho e serão encerradas em 9 de agosto, pelo site da Emater-DF ou nos escritórios da empresa. A Emater-DF ainda busca parcerias e forma de auxiliar os jovens nos custos durante o curso.

De acordo com o coordenador do programa, Roberto Bemfica Rubin, foram criadas 200 vagas para este ano na formação de jovens empreendedores rurais, com a expectativa de novos projetos implantados ainda neste ano.

 

O reitor do IFB, Wilson Conciani, elogiou a iniciativa e disse que a instituição “está de portas abertas para apoiar o programa, tanto com a formulação dos conteúdos do curso, quanto com a participação dos seus estudantes, especialmente do campus Planaltina”.

Filhos deste solo

O projeto Filhos deste solo também prevê transformar ideias apresentadas pelos jovens em planos de negócios, com um concurso que reconhecerá os dez melhores. A previsão é de que seja distribuída uma premiação em dinheiro aos vencedores, para que transformem os projetos em realidade. Essa  etapa ocorrerá no próximo ano.

O projeto também é apoiado pelos deputados distritais Fábio Félix (PSOL), com emenda parlamentar para a formação dos jovens e técnicos da Emater-DF, e Rodrigo Delmasso (PRB), com a criação do prêmio Jovem Empreendedor Rural Filhos deste solo. O prêmio será oferecido pela Câmara Legislativa do DF aos dez melhores projetos elaborados pelos jovens participantes.

Haverá ainda uma Feira de Negócios, que pretende reunir os jovens empreendedores com empresários dispostos a investir nas propostas desenvolvidas durante o projeto. A primeira edição da feira deve ocorrer na AgroBrasília de 2021.

Fonte: Agência Brasília

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário