Cortes no orçamento colocam pesquisas da UNB em risco

A crise se espalha e atinge de forma dura o setor público, especialmente onde pesquisas são desenvolvidas, caso das instituições de fomento à pesquisa e universidades. Uma das mais respeitadas do país, a Universidade de Brasília (UnB) enfrenta sérias dificuldades, por conta do corte no orçamento. A falta de dinheiro atinge em cheio os seus laboratórios.

Novas pesquisas estão paradas por falta de recursos e indefinição quanto a continuidade de repasse de dinheiro e até mesmo pesquisas já em andamento sofrem com atrasos em pagamentos de bolsas e falta de material.

O Programa de Iniciação Científica (Pibic) não conseguiu crescer a quantidade de bolsas oferecidas e investimentos em estrutura – como ampliação de laboratórios e aquisição de novos equipamentos – estão lentos, segundo reportagem Flávia Maia, do Correio Brasiliense (leia aqui).

Por: Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *