Educação

Convênios permitirão aumentar vagas de estágio

Nesta sexta-feira (11), o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF) assinou novos convênios e termos aditivos com 14 instituições de ensino de nível superior e técnico, entre entidades públicas e privadas, para ampliar as vagas de estágio obrigatório.

De janeiro a junho deste ano, passaram pelo Hospital de Base (HB) aproximadamente mil estagiários. Com os convênios, que ampliam os estágios também para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e as unidades de pronto atendimento (UPAs), esse número pode chegar a 2,8 mil vagas até o fim do ano.

2,8 milExpectativa do número de vagas de estágio até o fim deste ano

“Estamos na era do conhecimento, por isso essa celebração de convênio tem um impacto muito grande para que o futuro profissional adquira experiência na rede de saúde pública, onde detemos muitas informações e expertise para melhorar o atendimento dos pacientes”, destacou o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo. “O importante é que o nosso trabalho e o que aprendemos seja transformado em resultado social.”

Rumo à qualificação

Os estudantes que participam dos programas são de áreas da saúde como biomedicina, farmácia, enfermagem, medicina, nutrição e odontologia. Porém, também há estágio curricular para outros setores, como a engenharia.

“O objetivo do estágio, que é supervisionado pelos professores das respectivas instituições, é o desenvolvimento dos futuros profissionais, bem como a qualificação do serviço assistencial”, explicou o diretor de Ensino, Pesquisa e Inovação do instituto, Everton Macedo. “As vagas são abertas constantemente e os alunos são encaminhados pelas próprias universidades e escolas de nível técnico e superior.”

Entre as instituições conveniadas, estão Centro Universitário do Planalto Central Aparecido dos Santos (Uniceplac), Centro Universitário de Brasília (UniCeub), Escola LS, Faculdade LS, Instituto Técnico de Educação de Brasília (Iteb), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/DF), Centro Universitário Euro Americano (Unieuro), Faculdade Anhanguera de Brasília (Anhanguera), Instituto Ileya de Educação Superior (Ileya), Escola Técnica Unytech e Universidade Católica de Brasília (UCB), esta última com 500 alunos atuando no Iges-DF.

“É fundamental a oferta de vagas de estágio curricular no Iges-DF, especialmente no Hospital de Base, isso porque o instituto oferece um cenário de práticas importantes para a futura atuação profissional deles”, ressaltou a diretora da Escola de Saúde e Medicina da UCB, Cristine Save. “Atualmente, a tendência é de que os estudantes tenham cada vez mais atuação prática antes da formação.”

Com informações do Iges-DF