Cidade Economia

Reajuste em contas de águas do DF fica para 2021 por causa da pandemia

Adasa adia aumento das tarifas nas contas de água pela segunda vez, levando em consideração a “queda da atividade econômica e a elevação do nível de desemprego no Distrito Federal”

Correio Braziliense

O reajuste nas contas de água do Distrito Federal que estava marcado para o dia 1º de outubro foi adiado. A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa) alterou a data do aumento para 1º de janeiro de 2021.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (15/9), levando em consideração “a situação de pandemia por covid-19” e “as análises sobre a queda da atividade econômica e a elevação do nível de desemprego” na capital.

Este é o segundo adiamento do reajuste, que ocorria, inicialmente, em 1° de junho. A Adasa explica que a data do primeiro dia de 2021 também pode ser reavaliada, a depender do enfrentamento da emergência de saúde pública no DF quanto à disseminação da covid-19.

A publicação do Diário Oficial traz ainda que “os impactos econômico-financeiros decorrentes do adiamento do Reajuste Tarifário Anual de 2020 serão compensados nas tarifas, após o término do período da emergência”.

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário