Economia

Ao lado dos EUA, Brasil ataca a China, seu maior parceiro comercial, na OMC

Donald Trump, Jair Bolsonaro e Xi Jinping (Foto: Reuters)

Numa iniciativa que demonstra a perda de soberania nacional, o Brasil decidiu entrar com uma iniciativa na Organização Mundial do Comércio contra a China, nosso maior parceiro comercial; Celso Amorim analisa

A iniciativa bilateral que aproxima os dois países tem como alvo a China, cuja economia é marcada pelo forte intervencionismo estatal. O objetivo de Washington é empurrar a China para fora da OMC ou obrigar a organização a rever suas relações com Pequim, segundo informações do jornal Valor Econômico.

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário