Detran faz entrega do 1º Prêmio de Educação de Trânsito do DF

O governo de Brasília agraciou, nesta quinta-feira (14), os 42 vencedores do 1º Prêmio Detran-DF de Educação de Trânsito. Eles foram selecionados entre 234 trabalhos inscritos. Os três primeiros colocados de cada categoria receberam valores em dinheiro entre R$ 2 mil e R$ 5 mil.

Lançado em julho deste ano pelo Departamento de Trânsito do DF, o prêmio tem o propósito de ampliar o envolvimento da comunidade nas questões relativas à segurança viária e disseminar a concepção de que se trata de um direito de todos.

A entrega das premiações ocorreu no auditório da autarquia, em clima de festa animada pelos alunos das escolas e os familiares dos vencedores. Participaram do ato os secretários de Educação, Júlio Gregório Filho e da Segurança Pública e da Paz Social, Edval Oliveira Filho.

O prêmio foi dividido em 14 categorias envolvendo estudantes das redes pública e privada de ensino do DF, motociclistas, motoristas, ciclistas, educadores, idosos e cidadãos em geral.

Os temas abordados foram: Minha escolha faz a diferença no trânsitoEscolha viver e Decida pelo trânsito seguro. As escolas que mais se destacaram pela quantidade de trabalhos inscritos e tiveram mais alunos premiados foram:

  • CEF 1 do Núcleo Bandeirante
  • CE 2 de Brazlândia
  • Escola Classe Catingueiro da Fercal
  • Escola Classe 42 de Taguatinga
  • Edusesc do Gama
  • Marista da 609 Sul
  • Colégio Saber
  • CEF 19 de Taguatinga
  • CE Sesi de Taguatinga
  • Sala de Recursos de Altas Habilidades do CED II de Brazlândia
  • CEF 4 de Planaltina

Para o diretor-geral do Detran-DF, Silvain Fonseca, a primeira edição do prêmio foi um sucesso. Ele acredita que, com a conscientização das novas gerações, “será possível alcançar um trânsito mais humano, mais seguro e mais cidadão”.

A criação do prêmio pela Diretoria de Educação de Trânsito do Detran-DF foi inspirada na experiência da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo, que, neste ano de 2017, promove a 10ª edição do certame.

Segundo o diretor de Educação do Trânsito do DF, Álvaro Ribeiro, o prêmio traz grande potencial educativo, principalmente porque aproxima a sociedade do trabalho educativo desenvolvido pelo órgão. Os prêmios foram pagos com recursos de multas de trânsito.

Para julgar os trabalhos inscritos foi criada uma comissão de avaliação composta de 15 servidores de diferentes unidades do Detran. Eles foram os responsáveis pela escolha dos vencedores.

Foram selecionados os que assimilaram melhor a ideia do trânsito como um direito de todos, que privilegiaram a adoção de valores, posturas, atitudes de cidadania e respeito no trânsito.

Fonte: Agência Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *