Cidadania

SOS DF otimiza o cotidiano das escolas e comunidades rurais

Ângela Maria Natividade Ribeiro, diretora do Centro de Ensino Fundamental Jardim II, no Núcleo Rural Jardim, no Paranoá, conta que há mais de 20 anos a região não recebia assistência do governo. Com a criação do SOS DF Rural, essa realidade mudou. “Nós éramos esquecidos”, diz a professora. “Foi a primeira vez que vieram aqui ouvir os anseios da comunidade. ”

Os problemas eram muitos. Ângela lembra que havia mato e lixo espalhados perto da escola, situação que, após o SOS DF Rural, foi resolvida. “Tinha muito entulho, insetos e ratos. Essa foi uma ação que fez 100% a diferença na zona rural, principalmente aqui, que é a comunidade do DF mais distante do centro urbano. ” Os agentes do programa fizeram limpeza, podas de árvore e manutenção das estradas.  “Estamos muito felizes com o atendimento e a presteza do nosso governo”, destaca a diretora. A comunidade nunca tinha visto isso acontecer. ”

Maria Lúcia, diretora da Escola Classe Barra Alta, também aprovou a iniciativa. “Hoje temos um ambiente agradável”, elogia. “Estávamos precisando desses trabalhos, da roçagem, aterro, melhora do escoamento da água da chuva, poda e recolhimento de entulho. Essas ações melhoram a segurança de nossos alunos, diminuindo o risco de acharmos cobras e outros bichos na escola. Tenho certeza que isso contribuirá para um melhor aprendizado dos estudantes. ”

“A comunidade se sente lembrada e atendida. Nosso objetivo agora é manter esse trabalho para que não cheguemos a esse estado novamente”Dílson Resende, secretário de Agricultura do DF

Ações

O SOS DF Rural é uma ação do Governo do Distrito Federal realizada por meio da Secretaria de Agricultura, em parceria com Caesb, CEB, Embater-DF, Ceasa-DF, DER-DF, SLU, Novação e com as administrações regionais, que têm atuado intensamente na manutenção e recuperação das estradas rurais do DF. O trabalho também inclui rastelarem, pintura dos meios-fios, encascalha mento, revitalização de Pontos de Encontro Comunitário (Pecas), pequenas reformas e solicitação à CEB para a recuperação da iluminação pública.

Entre as localidades que já foram contempladas com o SOS DF Rural, destacam-se Núcleo Rural do Jardim, Capão Seco, Cariri, Café Sem Troco e Barra Alta, Lamarão, Buriti Vermelho, Suçuarana, Itapevi e Tabatinga PAD-DF, além da Região Administrativa (RA) 205 e as rodovias DF-270; DF-120, DF-285, DF-295, DF-205 e marginais.

A Escola Classe Barra Alta está na lista dos locais contemplados com as ações do SOS DF Rural

O secretário de Agricultura do DF, Dílson Resende, explica que a intenção é de atender emergencialmente à população rural em questões que estavam abandonadas, dando uma atenção mais efetiva. “A comunidade se sente lembrada e atendida. Havia galhos nos telhados das escolas, oferecendo risco para os alunos e funcionários, lixo e entulho. Nosso objetivo agora é manter esse trabalho para que não cheguemos a esse estado novamente”, diz.

Lançamento

O programa SOS DF Rural, uma extensão do SOS DF para a área rural, foi lançado em janeiro deste ano, na Comunidade Rural do PAD-DF/ Paranoá. Na ocasião, o governador entregou à comunidade do Núcleo Rural PAD-DF um novo Ginásio Poliesportivo. A construção, de aproximadamente 2 mil metros quadrados, tem quadra poliesportiva, sanitários/vestiários, estacionamento e palco para a realização de eventos. Tudo é equipado com recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

A obra custou R$ 2,259 milhões e vai atender também às comunidades vizinhas, como Lamarão, Jardim Buriti Vermelho, Cariri e Café sem Troco.

Fonte: Agência Brasília

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário